Notícias

Lotes na Serra são ofertados para empresas em concorrência pública

Lotes na Serra são ofertados para empresas em concorrência pública


A Secretaria de Desenvolvimento (Sedes) lançou, no dia 23 de janeiro, o edital de concorrência pública para a comercialização de 64 lotes situados no Polo Empresarial Cercado da Pedra, na Serra. Localizado na Avenida Talma Rodrigues Ribeiro (na antiga estrada para Manguinhos), na Serra, o Polo Empresarial Cercado da Pedra possui área total de 1.246.000 metros quadrados. A área está pronta para construção.
 
Estarão disponíveis para venda os seguintes lotes situados no Polo Empresarial Cercado da Pedra, na Serra: lotes 01 a 04 da Quadra I; 01 a 04 da Quadra II; 04, 05 e 06 da Quadra V; 01, 04, 05, 06, 07 e 08 da Quadra VII; 01 a 06 da Quadra VIII; 01 a 07 da Quadra IX; 01 a 18 da Quadra X; 01 a 16 da Quadra XI. O secretário de Estado de Desenvolvimento, Marcos Kneip, explica que os lotes situados no Polo Industrial Cercado da Pedra serão destinados exclusivamente à atração de empresas e investimentos.
“Por meio da criação dos polos, a Sedes contribui para que as empresas implantem seus empreendimentos em locais apropriados e de forma ordenada. No caso do Cercado da Pedra, trata-se de uma área propícia para a construção de novos empreendimentos empresariais, favorecendo o desenvolvimento local”, comentou Kneip.
 
Já o subsecretário e Desenvolvimento Regional, Paulo Menegueli, chama a atenção para os diferenciais da região onde estão situados os lotes. “Do ponto de vista logístico, o Cercado da Pedra possui uma localização muito estratégica. O empreendimento está próximo à BR 101, ao aeroporto, ferrovia e portos. Essas características potencializam o polo e garantem dinamismo para as empresas que ali se instalarem”, afirma.
 
A abertura dos envelopes da concorrência será realizada no dia 11 de março, às 10 horas, no auditório da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), na Avenida Nossa Senhora da Penha, 2053, 9° andar, Santa Lúcia, Vitória.
 
Pagamento facilitado e com descontos
 
As empresas vencedoras do certame poderão optar por duas formas de pagamento: 10% do valor total arrematado no ato da assinatura, computando-se o montante de 5% que será recolhido como condição para habilitação no certame; e 90% em 60 parcelas mensais, sem juros.
 
A obra deverá ser concluída no prazo máximo de até 60 meses. No entanto, a empresa que optar pela conclusão das obras no prazo de até 30 meses, no ato de assinatura do contrato, receberá desconto de 25% sobre o valor arrematado.
 
Caso queiram, as empresas poderão ofertar proposta para mais de um lote. 
 
Os interessados poderão solicitar esclarecimentos sobre a concorrência pública diretamente à Comissão Permanente de Licitação, até o prazo de três dias anteriores à data definida para a sessão de abertura dos envelopes, por meio e-mail cpl2@sedes.es.gov.br.
 
Todos os detalhes sobre os lotes e a documentação necessária estão disponíveis no site www.sedes.es.gov.br. Basta clicar nos itens “Polos Empresariais” e “Licitações”.
 
 
 
Fonte: Governo do Estado do Espírito Santo 
 
Foto: Divulgação/Sedes

De: 07/02/2020
Por: Iá Comunicação

LEIA +


Filtrar por data
até Filtrar por assunto

PUBLICIDADE