Notícias

Bancos anunciam prazo maior para clientes pagarem dívidas

Bancos anunciam prazo maior para clientes pagarem dívidas


Bancos públicos e privados anunciaram que vão flexibilizar o vencimento de operações de crédito por causa do avanço do novo coronavírus, concedendo maior prazo para pagamento àqueles que estiverem com as parcelas em dia.

A medida foi anunciada após o Conselho Monetário Nacional (CMN) e o Banco Central atuarem nesta semana para aumentar a capacidade de capital dos bancos, para que eles tenham melhores condições de renegociar e de manter o fluxo de concessão de crédito.

O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) anunciou que os clientes pessoas físicas e jurídicas que estiveram com pagamentos em dia poderão solicitar o reparcelamento de operações de crédito para até 60 dias.

No Banestes, estão inclusas operações como crédito pessoal (exceto consignado), crédito imobiliário, financiamentos de veículos, capital de giro, microcrédito e financiamento de bens, entre outras.

Já o Banco de Desenvolvimento do Espírito Santo (Bandes) vai suspender por 90 dias as cobranças relativas aos contratos com vencimento a partir de abril de empresas que atuam nos segmentos de turismo, hotelaria, bares, restaurantes e entretenimento em geral, que estão sendo fortemente impactados, segundo o órgão.

Banco do Brasil, Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú e Santander também anunciaram que estão abertos a atender pedidos de prorrogação, por 60 dias, de vencimentos de dívidas de pessoas físicas e micro e pequenas empresas que estejam com pagamentos em dia.

De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), cada instituição vai definir, a partir de critérios próprios, a quais linhas de crédito será oferecida a prorrogação.

A medida deve abranger operações de crédito em geral feitas com dinheiro dos bancos, como cartão de crédito, empréstimo pessoal e crédito imobiliário, desde que o pagamento esteja em dia. A prorrogação se limita aos valores já utilizados.

Contas de consumo, como água, energia e telefone, não estão incluídas na prorrogação de prazos, segundo as instituições.

A Febraban alertou que, em todos os bancos, a prorrogação não é automática. O cliente que tiver interesse em prorrogar os pagamentos deve entrar em contato com a instituição.

Confira as condições

Prorrogação

> Bancos de todo o País vão prorrogar o vencimento de operações de crédito de pessoas físicas e jurídicas em até 60 dias. A prorrogação será oferecida aos clientes que estão com os pagamentos em dias.

> Aqueles que desejarem solicitar a prorrogação devem entrar em contato diretamente com as instituições. As condições serão definidas por cada banco, e alguns já divulgaram as linhas atendidas.

> Segundo as instituições, contas de consumo, como água, energia e telefone, não estão incluídas na prorrogação de prazos.

Banestes

> O banestes anunciou que os clientes poderão solicitar o reparcelamento em até 60 dias para diversos produtos. pessoa física: crédito pessoal (exceto consignado), crédito imobiliário e financiamento de veículos.

> Pessoa jurídica: capital de giro, crédito investimento, microcrédito e financiamento de bens.

> Crédito Rural: os clientes também poderão negociar o reparcelamento em conformidade à legislação vigente, de acordo com as regras do Manual de Crédito Rural (MCR).

> Mais informações no site do Banestes, www.banestes.com.br.

Bandes

> O Bandes vai oferecer prazo ainda maior, mas apenas para empresas de setores específicos.

> O banco vai suspender por 90 dias as cobranças relativas aos contratos, com vencimento a partir de abril, de empresas que atuam nos segmentos de turismo, hotelaria, bares, restaurantes e entretenimento em geral. > Outros segmentos poderão ser incluídos com o desenrolar do cenário de crise, segundo o banco.

> Interessados em aderir à campanha devem fazer isso no site www.bandes.com.br ou pelo e-mail proposta@bandes.com.br.

Itaú

> O itaú divulgou que aqueles que têm empréstimo pessoal, crédito imobiliário, crédito com garantia de imóveis e financiamento de veículos e estão com os pagamentos em dia, poderão solicitar o reparcelamento dos seus contratos, pagando a próxima parcela daqui a 60 dias.

> No período, será mantida a mesma taxa de juros, sem multa e Imposto sobre Operações Financeiras (IOF).

Santander

> O santander vai prorrogar por até 60 dias o vencimento de parcelas de crédito.

> As linhas de crédito atendidas ainda serão definidas.

> O banco também vai aumentar em 10% os limites dos cartões de crédito de seus clientes, permitindo a postergação de despesas.

Demais bancos

> Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Bradesco devem divulgar nos próximos dias as linhas de crédito que serão contempladas com prorrogação de parcelas, assim como as condições.

> As instituições devem adotar as medidas para operações de crédito em geral feitas com dinheiro do banco, como cartão de crédito, empréstimo pessoal e crédito imobiliário.

Fonte: A Tribuna

De: 19/03/2020
Por: Iá Comunicação

LEIA +


Filtrar por data
até Filtrar por assunto

PUBLICIDADE