Notícias

Artigo: Empresários do ES têm a missão de promover desenvolvimento social

Artigo: Empresários do ES têm a missão de promover desenvolvimento social


A associação deve pensar globalmente e agir localmente, articulando pessoas e recursos para que o futuro dos cidadãos

Uma associação é a união de pessoas e forças sem fins lucrativos que trabalham voluntariamente em prol de um objetivo comum que, quanto mais atividades desenvolve com sucesso em torno desse objetivo, aumenta sua representatividade e acaba por abrir um leque com várias frentes de atuação e passa a ser protagonista nas discussões relevantes da sua comunidade.

À frente da maior associação de empresários do Espírito Santo, a Associação dos Empresários da Serra (Ases), percebi que o maior desafio é atuar de forma sustentável e aculturar todos empresários no chamo de Associativismo com propósito. Uma associação tão representativa como a da Serra precisa disseminar a cultura do associativismo nas pessoas e empresas para pautar assuntos complexos e de grande relevância para a expansão e desenvolvimento econômico e social do município.

A prioridade é melhorar a ambiência para negócios da cidade, na lógica de atração e desenvolvimento de grandes e novos empreendimentos que contribuam com seu desenvolvimento sustentável. No entanto, o objetivo é bem maior, e mais relevante. A atração de empresas e a melhoria do ambiente de negócios são meios para o aumento da qualidade de vida dos cidadãos da Serra, e por que não do Espírito Santo.

 Ao gerarem empregos, renda, impostos e inovação, os empreendedores se conectam tão fortemente com a comunidade que alimentam o mercado local e, como dizem por aí, “fazem a economia girar”, mesmo diante de tantos desafios que existem no Brasil, como o excesso de burocracia, altos impostos, infraestrutura insuficiente, insegurança jurídica etc.

Nesse sentido, além disso, é urgente e importante debatermos pautas que também têm o condão de, diretamente, contribuírem para a melhoria da qualidade de vida das pessoas da Serra, como educação, saúde, segurança, inovação, turismo e esporte. Até por que nada melhor para tornar um município ainda mais atrativo para os negócios do que bons indicadores de segurança, melhoria contínua da educação e da saúde bem como incentivos ao empreendedorismo e à inovação.

E assim temos feito! Conduzimos e acompanhamos discussões acerca da implantação de Escolas de Tempo Integral no município da Serra com o intuito de garantir uma educação de qualidade e oportunidades para as futuras gerações da Serra e do Estado. Também estamos presentes em todos os Conselhos Municipais como desenvolvimento urbano, meio ambiente, inovação e tecnologia, turismo, educação, entre outros, debatendo e discutindo e oferecendo competências técnicas necessárias pelas empresas para construirmos um município melhor.

Vejo, então, que o trabalho da Ases é, portanto, pensar globalmente e agir localmente, articulando pessoas e mobilizando recursos para que o futuro de seus cidadãos seja melhor, assim como podemos vivenciar hoje se compararmos com a Serra de dez, 20 ou 30 anos. E isso é sustentabilidade!

 *Autor do artigo publicado no jornal A Gazeta: Djalma Neto, presidente da Associação dos Empresários da Serra (Ases)

Fonte: A Gazeta

De: 09/05/2019
Por: Iá Comunicação

LEIA +


Filtrar por data
até Filtrar por assunto

PUBLICIDADE